Série Cases Imaginários

Sempre fico pensando nas possibilidades de uso do SMS e várias idéias ficam perdidas na minha cabeça.

Para “estravazá-las” resolvi criar uma série chamada CASES IMAGINÁRIOS.

Tudo que for escrito é apenas ficção, o que não significa que futuramente não poderá tornar-se realidade.

Enfim, chega de escrever vamos ao primeiro:

————————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

Pão de Açúcar, Programa Mais e cliente Claro! – SÉRIE CASES IMAGINÁRIOS

Agora clientes do programa Cartão Mais que tenham um celular Claro, poderão receber as ofertas de seus produtos preferidos no celular.

Para usufruir deste serviço, basta ser clientes Mais e aceitar receber SMS ou Promoções do Pão de Açúcar em seu celular Claro.

Na sua próxima compra, ao chegar ao mercado, envie um torpedo com a palavra CHEGUEI para número x.

Nos próximos 10 minutos você poderá receber até 3 sms com ofertas exclusivas relacionadas aos seus produtos favoritos!

—————————————————————————————————————————————————————————————————————————————-

Justificativas:

Escolhi o Pão de Açúcar porque adoro este super, admiro o seu posicionamento e o público é o que mais tem a ver com a ação.

Mencionei somente uma operadora porque negociar um projeto desta natureza: “meiocorporativo-mobilemarketing-inovador” com apenas uma, é mais fácil e toma menos tempo. (além de já ser uma realidade).

E a Claro, porque em minha opinião é uma das operadoras daqui de SP, onde se tem mais abertura para projetos diferentes.

Mecânica:

Benefícios:

Para o Pão de Açúcar: fidelização do cliente, personalização de ofertas, diferencial frente a concorrência, inovador, possibilidade de “venda” do espaço SMS para marca, etc..

Para o Cliente: comodidade, relevância, facilidade.

Para a Operadora: Incremento da receita de dados, enriquecimento de banco de dados, benefício para seu cliente.

Resultado:

O melhor é que a ação é totalmente mensurável. Você consegue identificar a porcentagem de ofertas que refletiram em vendas efetivas no final do mês e começar a “brincar” com estas informações.

Pontos fracos:

O cliente pode simplesmente esquecer de mandar o SMS com CHEGUEI ao entrar no mercado.
Percepção de benefício: será que o consumidor se dará ao trabalho de enviar um SMS com CHEGUEI para obter as ofertas?

————————————————————————————————————

PS: esse post ficou no draft do blog por algum tempo, acabei de reler agora e pensei na possibilidade de fazer via Bluetooth… será?
PS: não estou muito certa, em relação ao uso das marcas mencionadas no post. Espero ter deixado claro que trata-se apenas de ficção…
Advertisements

4 responses to “Série Cases Imaginários

  1. Gostei da idéia, ou melhor, gostei das duas idéias, a de escrever sobre possíveis cases e o case propriamente dito.
    O esquecimento do consumidor teria que ser minimizado com mídia na porta de entrada e nas gôndolas.

    Entrada:
    OFERTAS Exclusivas Cartão MAIS
    Envie “MAIS” por SMS para 99999

    Gôndola:
    Sabonete DOVE APENAS R$ 0,86
    Exclusivo para Clientes Cartão MAIS
    MAIS OFERTAS? Envie “MAIS” por SMS para 99999

    Seria custoso, mesmo assim eu acredito que valeria apena.

    Apesar de atualmente algumas operadoras estarem dificultando a aprovação deste tipo de projeto (mobilemarketing corporativo). Acredito que ele seria mais bem aceito pela Rede de Supermercado se estivesse disponível no modelo multi-operadora.
    As Redes deveriam procurar patrocinar o investimento deste projeto com os seus fornecedores. O patrocínio de ações de marketing por grandes fornecedores é um processo comum nas redes.

    Bom, é isso. Estou ansioso pelos próximos episódios, abs

  2. Pensando melhor, acho que mídia no carrinho de compras seria perfeito!!

    Antes eu tinha pensado na cancela do estacionamento, mais até ele conseguir estacionar a mensagem já teria se dispersado, ou pior, ele tentaria enviar enquanto procurava vaga. Acidente na certa, este seria o meu caso!!

  3. oi Rodrigo, bem vindo 🙂

    O lance da cancela me lembrou uma camapanha engraçada, sabe aquela vozinha que normalmente faz a saudação “bem-vindo ao … ” deu uma engasgada e começou a tossir, foi muito estranho, e passando a cancela havia uma publicidade de um desses comprimidos para gripe. Ai tudo fez sentido e achei o máximo.

  4. Oi Daniela, gostei bastante da série “cases imaginários”. vou acompanhá-la. E este caso do pão de açucar é interessante, talvez bluetooth seja perfeito. mas existem gargalos operacionais e de gestão deste banco de dados. enfim… mas cases imaginários existem para se tornarem realidade, não? parabens pelo blog. um abraço, Paulo Henrique.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s