Tag Archives: mobile

LBS, cada vez mais fácil

Aplicação de geocalização do Google web-mobile:

Imagine if web sites could provide you with customized information based on your current location, even if you don’t have GPS

Gears Geolog=cation API provides a way to get a more precise estimate of a user’s location.

Em UK já existem 2 serviços utilizando a api, o  m.lastminute.com que localiza tipos de restaurantes proximos a vc e o m.rummble.com que pemirte visualizar recomendaçoes de lugares para visitar, feitas por amigos. Vejam o vídeo:

Infelizmente a facilidade esta disponível apenas para celulares com windowns mobile,  o que restringe bastante o uso.  😦

Mas… ja é um começo e sem dependência de GPS ou de “contratos” com operadoras. Mágica ? 🙂

Esse vídeo explica como funciona:

Advertisements

Disruptive Mobile Learning

Pagamentos com celular?

O “tutorial” abaixo publicado do portal Administradores é um bom começo para entender a diferença entre Mobile Payment e Mobile Banking e esclarecer algumas dúvidas a respeito do assunto.

1) O que é m-payment?

M-payment é a sigla para Mobile Payment (Pagamento Móvel) e engloba todo tipo de operação que envolva um dispositivo móvel para iniciar, ativar ou confirmar um pagamento. Os dispositivos móveis mais comuns são os telefones celulares, mas aqueles que já são usuários de smartphones e PDAs têm sido os primeiros a usar esse meio de pagamento.

2) Qual a diferença entre m-payment e m-banking?

M-banking é a sigla para Mobile Banking (Banco Móvel) e faz referência a possibilidade de realizar serviços bancários através de aparelhos móveis. A grande maioria dos serviços bancários disponíveis através do Internet Banking já está também disponível através do aparelho móvel.
Verificar saldos e extratos, efetuar transferências, comprar planos de seguro e capitalização, acompanhar rendimentos e diversas outras transações são previstas no m-banking.

Com um aplicativo de Mobile Banking é possível fazer transações bancárias via aparelho móvel. Com um aplicativo de Mobile Payment, o pagamento pode ser feito à vista (débito) ou a prazo (crédito) como se estivesse sendo usado o cartão de plástico.

3) Quando a tecnologia estará disponível no Brasil?

A tecnologia já está disponível no País. Os testes com m-payment foram iniciados de forma mais consistente em 2006 e continua-se buscando novos modelos de negócios e demanda. Atualmente, serviços como táxi, delivery e recarga de celulares pré-pagos são os empregos mais comuns para essa tecnologia. Para o m-banking a estimativa é de que 520 mil usuários já estejam fazendo uso dessa inovação.

Continue reading

Campanha eleitoral + Mobile

Faz tempo que quero escrever um artigo sobre campanha política e comunicação mobile. Gostaria de citar nossa legislação, citar exemplos de campanhas online, quem já pesquisa sobre isso e traçar uma análise do panorama no Brasil. Mas cade o tempo???

E justamente para não perder o tempo, abdiquei de tudo isso para simplesmente noticiar o “case político” do OBAMA. O celular tem sido um forte aliado para sua campanha. Há ringtones, wallpapers e agora mais uma super sacada de Mkt… com a chamada SEJA O PRIMEIRO A SABER, os eleitores são convidados a cadastrarem seu celular para receber via SMS e em primeira mão, o nome do candidato a vice do Obama.

Muito inteligente, não?

Game Bluetooth Multi-player

É legal ver coisas diferentes com o uso de bluetooth. Principalmente sendo um joguinho multi-player. Vejam o vídeo abaixo. O jogo se chama Mirage Space e encontrei no Mobideia.

Yellow Arrow e o Tempo…

Tiago Doria, publicou uma nota falando do Echos, projeto criado por 2 meninas que permite receber informações a respeito de uma cidade através de uma ligação no celular.

“Funcionaria assim. Ao cadastrar o número de seu celular no site do projeto, toda vez que você estivesse em algum lugar de uma cidade, poderia enviar, ouvir ou ler uma história sobre este local no próprio aparelho móvel.”

A idéia é legal e me lembrou o Yellow Arrow. Neste projeto, stickers de flechas amarelas com códigos alphanúmericos são distribuídos pela cidade e ao enviar um desses códigos via SMS para o número do serviço você recebe uma resposta com uma histórinha daquela flecha. Na época em que conheci o projeto adorei a idéia e chegamos a conversar com uma operadora que queria trazer o projeto pro Brasil. Mas isso foi em 2005 e a coisa infelizmente não andou.

Hoje já acho que não faz mais tanto sentido um projeto assim devido aos códigos bi-mensionais. Ao invés de usar flechas amarelas, um barcode é mais barato, qualquer um pode imprimir uma imagem e não há custo de envio de SMS. A desvantagem é que o uso do leitor nos celulares ainda é restrito e nada popular. Então a única vantagem do Yeallow Arrow é a escala porque o serviço é via SMS, mesmo assim é uma questão de tempo.

Social + Físico + Local = Real Game

“Reality is broken. Can a new kind of mobile game fix it?” – Jane McGonigal

Future of Mobile Game, retrata a forma com que “os jogos” poderão se tornar realidade…

Alguns “drivers” dessa futura ocasião:

  • Social “shared reality” technologies: Bluetooth, Redes sociais Mobile
  • Physical “embodied reality” technologies: Rfids, Acelerometros, Sensores
  • Local “environmental reality” technologies: GPS, ShotCodes

Um exemplo: “World Without Oil“, pessoas engajadas em refletir sobre o mundo sem o petróleo e “pass-it-away” de alguma forma, de quadrinhos a “lições”.

It’s time to Hacking Life Game.